A repressão na pole position

Realiza-se amanhã o Grande Prémio de Fórmula 1 do Bahrein, prova contestada pelas organizações de direitos humanos do califado como manobra de propaganda de um regime repressivo e em que são cerceadas as liberdades mais básicas.

O cartoonista brasileiro Carlos Latuff é particularmente mordaz nas críticas, o que já lhe valeu ser catalogado pelo regime como tendo “ultrapassado os limites da liberdade de expressão”(!).

Os seus cartoons alusivos à prova automobilística podem ser vistos no seguinte “reel”:

Anúncios

De Almodovar para Garzón

O realizador espanhol Pedro Almodovar produziu uma curta-metragem para apoiar o juiz Baltazar Garzón, condenado na semana passada a onze anos de inibição do exercício da Justiça por ter excedido as suas competências ao ordenar escutas entre réus e os seus advogados. Garzón está virtualmente afastado dos tribunais para o resto da vida, mas um erro de forma não apaga a voz que deu às vítimas de Pinochet, Franco e seus comparsas.

Profissão: prostituta

Turn off the blue light

A campanha foi lançada por um conjunto de prostitutas irlandesas, e visa lembrar que elas também são seres humanos como as outras mulheres. Num país de forte tradição católica como é a Irlanda, o impacto está garantido à partida.

Turn off the blue light

[Via: BBC Brasil]