7861 dias, ou uma mulher de coragem

28 de Janeiro, 1986. Às 16:39 TMG, o vaivém espacial Challenger explode aos 73 segundos de vôo, matando os seus sete tripulantes. Entre eles, encontrava-se a professora Christa McAuliffe. Hoje, 7.861 dias após o acidente do Challenger, Barbara Morgan, a suplente de Christa McAuliffe no malogrado vôo de 1986, entrou em órbita a bordo do vaivém Endeavour.

« Pensem em todas as coisas que fizeram, todas as experiências que tiveram nos últimos 21 anos: os vários empregos que tiveram, as pessoas que entraram e saíram da vossa vida, todos os locais que visitaram pela primeira vez, as coisas que aprenderam, etc. Agora pensem nisto: Barbara Morgan esperou todo esse tempo para ser uma professora em órbita. » (Excerto de um e-mail que Ed Campion, assessor de imprensa da NASA, enviou ontem aos seus colegas a propósito da missão hoje lançada em direcção à Estação Espacial Internacional).

[techtags: NASA, Endeavour, STS-118, Barbara Morgan, Christa McAuliffe]

Um pensamento em “7861 dias, ou uma mulher de coragem”

O teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: