"No dia seguinte ninguém morreu"

Assim começa “As Intermitências da Morte”, o novo romance de José Saramago apresentado esta semana no Brasil. O livro, que explora as consequências de a morte deixar o seu “ramo de negócio” :), chega às livrarias portuguesas já no mês de Novembro.

O livro foi o primeiro a ganhar o reconhecimento da Greenpeace e das autoridades ambientais brasileiras: foi feito a partir de madeira legalizada, que não gera a destruição de florestas como a da Amazónia.

O teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: